NOTÍCIA

16/08/2018 12:59

Mais de R$ 25 milhões em emendas para Hospitais de Sergipe

Entre outras ações de Eduardo Amorim, contemplar a saúde dos sergipanos é prioridade

Os Hospitais de pequeno, médio e grande porte, que disponibilizam serviços abrangidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), considerados essenciais para o atendimento à população sergipana, receberam mais de R$ 25 milhões em emendas parlamentares do senador e pré-candidato ao governo do estado Eduardo Amorim, porém, apenas R$ 14 milhões desse montante foram empenhados e liberados para custeio de material de consumo e equipamentos.

Em Aracaju, foram favorecidos o Hospital de Cirurgia, Hospital e Maternidade Santa Izabel e o Hospital São José. Em todo Sergipe, mais de 40 cidades já foram beneficiadas, entre hospitais, maternidades e instituições de caridade. Aquidabã, Capela, Itabaiana, Itabaianinha, Lagarto e Riachuelo foram as últimas favorecidas. “Esses recursos garantem um atendimento resolutivo à população e, principalmente, fortalecem o compromisso com os direitos dos cidadãos”, disse Eduardo.

O Hospital Santa Izabel, localizado em Aracaju, recebeu oito emendas para aquisição de novos equipamentos. Entre os anos de 2012 a 2017, foram solicitados R$ 3,7 milhões, sendo empenhado R$ 1,3 milhão, e, efetivamente, pagos R$ 736 mil.

“Os equipamentos adquiridos, através de emendas do senador Eduardo, foram necessárias e essenciais para a unidade, pois aqui nós atendemos pacientes do SUS nas diversas áreas de atuação – parto e nascimento, pediatria clínica, pediatria cirúrgica, cirurgia geral, leitos de UTI adulto, UTI infantil, UTI pediátrica, unidade de cuidados intermediário neonatal convencional (Ucinco), e conta com residência médica nas áreas de cirurgia-geral, pediatria, neonatal, ginecologia, anestesiologia, medicina da família e comunidade”, explicou o coordenador administrativo Douglas Rozendo, que ainda completou relatando todos os benefícios adquiridos pelo Hospital e Maternidade com os recursos encaminhados por Eduardo.

 “Com quase R$ 1 milhão recebidos, nós conseguimos adquirir aparelhos de ultrassom diagnóstico; lavadoras, secadoras e centrífugas de roupas hospitalares; calandra de alta produção; monitor multiparâmetros; carros maca; macas de transferência; camas hospitalares; cardiotocógrafo; berços pra recém-nascido; berços aquecidos; e por fim, computadores e no break´s para atualização de sistema/rede”, relatou o coordenador.

Para o Hospital São José, também na capital sergipana, foram disponibilizadas sete emendas, sendo que, dos R$ 1,7 milhão solicitado, foram pagos R$ 850 mil. Carolina Teixeira, coordenadora do jurídico, salientou que no cenário de crise atual, o objetivo do Hospital é estabelecer parcerias entre o Poder Público, os parlamentares e as instituições. “Para mantermos uma unidade hospitalar é muito difícil, e quando se trata de prestadores de serviços para o SUS, então. O diálogo, o acesso, e em especial com o senador Eduardo, que tem sido constante, é de grande importância, e nós reconhecemos esse trabalho prestado por ele”, completou Carolina.

Ainda segundo Carolina, a unidade foi favorecida com aparelhos que chegaram recentemente, como os de raios-X móvel; oxímetro de pulso; autoclave hospitalar horizontal; aspirador de secreção; poltronas hospitalares; aparelhos de anestesia com monitores; bisturi-elétrico; ventilador pulmonar; mesa cirúrgica elétrica; foco cirúrgico de teto e insumos.

Hospital de Cirurgia

Já o Hospital de Cirurgia, que atua com serviços terciários de referência para o SUS, em atendimentos ambulatoriais de média e alta complexidade para todo o Estado de Sergipe, obteve oito emendas. Do R$ 1,9 milhão solicitado, foram empenhados R$ 903 mil e pagos apenas R$ 460 mil. Milton Eduardo Santana, diretor administrativo e financeiro do Hospital, há menos de um ano, garantiu que não deixará que nenhuma emenda para a instituição seja perdida.

“Sabemos que o trabalho do senador Eduardo é também em prol de uma saúde mais digna e com maior qualidade. Ele não aguarda a nossa ida, ele sempre está nos visitando e se colocando à inteira disposição, não apenas ao Hospital de Cirurgia, mas à situação da saúde do Estado de Sergipe. Por ser um senador que já esteve à frente da pasta da Secretaria Estadual da Saúde, ele conhece todas as problemáticas de Sergipe, e em seu mandato de senador vem aplicando todos os seus conhecimentos para minorar as dificuldades enfrentadas por todos nós, todos os dias”, disse Milton que apresentou também a compra de computadores, impressoras, implantação de todo sistema para controle de prontuários, acompanhamento de exames em prol da modernização da parte de imagem, e da parte tecnológica do Hospital, como aplicação dos recursos encaminhados.

Hospitais do Interior

Os Municípios de Capela e Riachuelo foram um dos mais recentes municípios favorecidos com emendas do senador Eduardo. Para a Associação de Caridade de Capela, foram destinadas quatro emendas no total de R$ 900 mil, R$ 447 mil empenhados e pagos. Para o município de Riachuelo, foram também quatro emendas destinadas ao Hospital de Caridade, solicitados R$ 719 mil e empenhados R$ 341 mil em recursos que seriam também para aquisição de equipamentos e compras para material de consumo, mas os pleitos foram arquivados.

Para o município de Aquidabã, o senador destinou recurso para o custeio da Fundação Médica Santa Cecília, no valor de R 100 mil, já em Itabaianinha, o Hospital São Luiz Gonzaga recebeu recursos para manutenção.

As emendas do senador Eduardo também beneficiaram unidades hospitalares do Agreste de Sergipe. A Maternidade São José, em Itabaiana, recebeu R$ 860 mil em 11 emendas. Além de aquisição de equipamentos, foi possível realizar com os recursos a reforma da Central de Material de Esterilização, da sala de recuperação e do Laboratório.

“Desde o início do meu mandato, como deputado federal, venho lutando com o mais absoluto empenho para melhorar a Saúde em Sergipe e, como não poderia deixar de ser, pela Maternidade São José. Essa luta existe pela convicção de quem conhece de perto o funcionamento como médico de formação que sou e tendo atuado no meu Estado”, explicou.

Já para a Associação de Caridade de Lagarto - Hospital Nossa Senhora da Conceição e para a Maternidade Zacarias Júnior, Eduardo Amorim solicitou mais de R$ 1 milhão, mas até o momento só foram liberados cerca de R$ 400 mil. O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (UFS) de Lagarto também foi favorecido, foram destinadas seis emendas, entre elas, foi solicitado R$ 1,1 milhão entre os anos de 2012 a 2017.

 

COMENTÁRIOS