NOTÍCIA

13/09/2017 17:12

Eduardo Amorim lidera ranking nas redes sociais entre os parlamentares sergipanos

Nesta quarta-feira, 13, A FSB Comunicação, agência de comunicação integrada de Brasília, especializada em gerenciar a imagem e a reputação das organizações, divulgou o índice FBSinfluênciaCongresso, que monitora e mede a influência de senadores e deputados federais nas redes sociais. O senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) é o único parlamentar do estado de Sergipe a estar entre os 15 mais influentes nas redes sociais.

Segundo a avaliação do período de 5 a 11 de setembro, Eduardo Amorim está na 14º colocação de 15. O senador Eduardo subiu 13 posições desde a última semana. O ranking tem como primeiros colocados os senadores do estado do Paraná. A senadora Gleise Hoffmann (PT) está no topo do ranking dessa semana. Segundo a FSBinfluênciaCongresso, essa é a primeira ferramenta digital de relações governamentais da FSB que tem como objetivo enriquecer o debate sobre o uso das redes sociais no Brasil.

Para o senador Eduardo, estar entre os mais influentes nas redes sociais demonstra a preocupação que possui com a transparência do mandato e das ações do trabalho em Brasília e em Sergipe. “Esse resultado é positivo do nosso mandato. Nosso trabalho é adicionado diariamente nas nossas redes oficiais e no site. Prezo pela transparência e para que meu trabalho como senador esteja próximo das pessoas que me acompanham. Agradeço a todos que vêm realizando esse trabalho comigo”, afirmou.

Metodologia

Segundo a FSB, o índice FSBinfluênciaCongresso é calculado levando-se em consideração o número de seguidores, o alcance, os posts, as interações e o engajamento registrado no Facebook e no Twitter durante o período de análise. “A fórmula utilizada no cálculo da nota do parlamentar atribui pesos diferentes a cada critério e a cada rede social”, explica o relatório.

“Além da posição no ranking, comparamos a performance do parlamentar em relação ao seu próprio histórico pessoal nas redes. Para isso, o FSBinfluênciaCongresso monitorou os senadores e deputados ao longo do primeiro semestre de 2017 e calculou seu desempenho médio neste período, atribuindo a esse desempenho uma nota base igual a 100”, descreve o relatório, ao completar que toda vez que o parlamentar atingir um Índice Individual superior a 100, significa dizer que ele melhorou seu próprio desempenho, e vice-versa.

Ranking Câmara dos Deputados

Na Câmara Federal, o índice apontou a 1ª colocação para o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), seguido de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e Décio Lima (PT-SC). Neste ranking, foram classificados 20 parlamentares entre os 513 deputados.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

COMENTÁRIOS