NOTÍCIA

13/12/2017 20:37

Eduardo e André concretizam recursos para Unidade Materno-Infantil da UFS orçada em R$ 15,7 mi

Ordem de Serviço para Unidade foi assinada na noite desta quarta-feira

O Ministério da Educação (MEC) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) autorizaram, na noite da quarta-feira, 13, a execução da obra de conclusão da Unidade Materno-Infantil do Hospital Universitário de Sergipe (HU-UFS), orçada em cerca de R$ 15,7 milhões. A ordem de serviço foi assinada pelo senador Eduardo Amorim (PSDB-SE), o líder do governo no Congresso, deputado federal André Moura (PSC-SE), o ministro da Educação, Mendonça Filho, o presidente da Ebserh, Kléber Morais, e o reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Angelo Antoniolli.

 

Segundo Eduardo Amorim, essa ação no HU-UFS é uma mostra de compromisso do ministro Mendonça Filho com a saúde sergipana. “Ele mostrou sensibilidade, estará registrado na história da Medicina do nosso estado”, disse ao explicar que quando estudante do curso de Medicina não teve esse privilégio. “Serão 118 leitos especializados, portanto, mudará a realidade local”.

 

Para o ministro Mendonça Filho, essa foi uma ação importante do MEC apoiando a UFS na expansão da infraestrutura hospitalar para preparação e ensino de médicos e profissionais ligados à saúde. “A Unidade Materno-Infantil complementa os investimentos já realizados, recentemente, em Sergipe que tem como foco principal a área de saúde”, disse.

 

Qualidade no Atendimento

 

O ministro da Educação, disse ainda que “além da formação profissional, atenderá a população local. Reunirá duas ações sociais extremamente importantes. “O prédio, de 6.952 m², e contará com UTI Neonatal, UTI Adulto, UTI Pediátrica, leitos de enfermaria, berço e vagas em berçário (Semi-Intensiva), além de salas de parto e salas cirúrgicas.

 

“Essa obra é de suma importância para Aracaju e Sergipe, pois a UFS tinha essa lacuna de não disponibilizar o serviço Materno-Infantil, então, vejo como professor que os alunos terão um ambiente adequado para a formação na área da graduação, pós-graduação, residência, mestrados e doutorados, levando todos os fundamentos do Hospital”, explica o presidente da Ebserh, Kléber Morais.

 

Curso de Medicina para Estância

 

Ainda em tempo o ministro da Educação entregou ao prefeito de Estância, Gilson Andrade, de forma simbólica, a portaria do curso de Medicina que será implantado no município de Estância. A ação é um trabalho do líder no Congresso Nacional, André Moura. Segundo o deputado, as obras da nova unidade educacional serão iniciadas ainda em 2018 e estarão integradas ao programa “Mais Médicos”, que atua também na formação de profissionais através da criação de novos cursos de graduação em medicina.

 

Participaram da solenidade o prefeito de Estância Gilson Andrade (PSL), o prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho (PR), o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) Kleber de Melo Morais, o superintendente da Ebserh em Sergipe Walter Santana Filho, e os vereadores de Estância André Graça (PSL), presidente da Câmara Municipal, e Misael Dantas (PSC), líder do prefeito de Estância. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS