NOTÍCIA

12/03/2018 13:50

“Hospital do Câncer ficou apenas na propaganda enganosa deste Governo”, afirma Eduardo Amorim

Nesta segunda-feira, 12, o senador Eduardo Amorim (PSDB) concedeu entrevista ao programa Linha Direta, apresentado pelo radialista Jairo Alves na Rádio Cultura. Entre os temas abordados na entrevista, o parlamentar ressaltou o envio de emendas para os municípios sergipanos. 

"Enviamos emendas para os 75 municípios sergipanos para diversas áreas. Destinamos recursos para as filarmônicas. A Catedral Metropolitana de Aracaju também foi beneficiada com emendas destinadas por nosso gabinete", destacou o senador Eduardo.

O senador também relembrou os recursos destinados por seu gabinete para o Hospital do Câncer. "Foram sete emendas destinadas para a construção do Hospital do Câncer de Sergipe. Infelizmente, por falta de interesse, a obra ainda não saiu do papel, ficando apenas na propaganda enganosa de 2014", enfatizou o parlamentar.

"Enquanto a 'novela' do Hospital do Câncer não termina muitas pessoas estão morrendo e as que sobrevivem sofrem para ter o tratamento. Conversei com o Ministro da Saúde. Desde 2012 Sergipe tem um aparelho de radioterapia disponibilizado pelo Governo Federal", complementou.

Ainda na entrevista, Eduardo Amorim falou sobre o pleito eleitoral deste ano e a formação da chapa majoritária da oposição. "O meu nome está à disposição do grupo para uma pré-candidatura ao Governo do Estado. Acredito que até o final deste mês a gente tenha uma definição", salientou Eduardo. 

"Estamos conversando com diversos partidos. Não estamos aguardando a decisão de quem quer que seja. Seguimos nosso tempo, com muito diálogo para apresentar os melhores nomes", pontuou.

O senador Eduardo Amorim comentou a publicação do jornalista Cláudio Nunes que afirma que seu irmão, Edvan Amorim, assumiria a coordenação política de sua campanha. “Eu nunca deleguei nada na minha vida para quem quer que seja. Sou o condutor do meu destino, eu coordeno minha vida e sou responsável pelas minhas atitudes. Da minha campanha eu serei o coordenador, será do meu jeito e responderei por qualquer ato da minha campanha”, afirmou Eduardo Amorim.

NOTÍCIAS RELACIONADAS